<body>


I could say that I'll always be here for you...

Eu sempre estarei aqui, pode contar comigo pro que der e vier, quantas vezes já escutei de amigas isso ou já falei isso para amigas? Muitas dessas amigas agora não passam de lembranças, umas amargas e outras doces, mas apenas lembranças.
Tem certas coisas que marcam ou que nos fazem lembrar certas amizades, os livros de Gossip Girl me lembram a uma dessas amigas, a gente costumava falar que eu era a fria, calculista e mimada Blair e ela a ingênua, que todos idolatram e loira Serena, nossa amizade era como a das principais do livro, vivíamos brigando e reatando a amizade, mas assim como no final do ultimo volume... Cada uma seguiu seu rumo, mas sem ódio uma da outra.
É inevitável escutar i gotta a feeling sem lembrar elas... Elas em pouco tempo tomaram um espaço enorme no meu coração e não fico nem uma semana sem ver-las, mas não sei se conseguirei manter essas amizades sem magoarlas.
Ontem eu terminei de ver um anime do meu manga favorito, influencia dos nerds, mas não foi neles que eu fiquei pensando depois de ter terminado de ver o ultimo episodio, foi sem duvida alguma na amizade que eu mais me arrependi de ter perdido. O anime (e o manga) contam a historia de duas garotas que se conheceram num trem rumo a Tókio, e terminaram sendo melhores amigas, superaram as suas diferenças pela amizade. Enquanto uma era fria, escondia o seu passado e era apaixonada a anos pelo mesmo cara, a outra era melosa, namoradeira e era tratada como se fosse o cachorrinho da outra. Cada uma passou a sonhar e a viver em prol da outra, mas no fim das contas, elas se separam, Nana acaba magoando Hachi sem querer e Hachi magoou Nana, e o medo e orgulho de ambas não permitem reatar a amizade, quando tentam e superam o medo e o orgulho já é tarde demais para a amizade.
No começo do mês eu fui ler as previsões de 2010 para meu signo... “Talvez não tenha tempo de procurar por antigas amizades pois sua direção maior é para o futuro mas estará considerando um pouco mais a presença das pessoas em sua vida.” Isso foi uma confirmação do que já estava acontecendo, acabei sem querer trocando as amizades mais antigas e preciosas que eu tenho pelas mais recentes, pra variar eu não me dei conta ate que já era tarde. Okey, não tão tarde, eu ainda saio com elas, mas não rola mais as conversas de antes, as visitas de antes, tudo mudou porque a leza aqui se distanciou. Seria estúpido não admitir que eu sinto saudades de antigamente e que as amo e que não quero perde-las...

I could say that I'll always be here for you,
But that would be a lie and quite a pointless thing to do…

Marcadores: , ,


ps: i need you @ sexta-feira, janeiro 22, 2010 ~ 19:40. 1 Comentários


Sabe aquelas vezes que você tem vontade de berrar ao mundo alguma coisa, mas não sabe o que? Ok, talvez eu seja a única que já teve essa vontade, querer xingar alguém sem motivo, mas o problema é... Se me escutaram berrando pro nada e sem motivo algum vão me mandar pro Pinel e assim realmente ficarei mais parecida ainda com a minha mãe, serei uma louca.
Será que vou ficar gorda que nem ela? Espero que não, to feliz com minhas gordurinhas... Eu poderia berrar ao mundo uma espécie de desabafo, perguntando por que raios ele me abandonou, mas aí eu me sentiria no filme do Rei Leão esperando o Timão falar “quando o mundo vira as costas pra você, você vira as costas para o mundo” e tem também o fato de que o mundo não me abandonou, ele nunca fez isso, só quando eu to em crise que ele resolve não me ajudar em poha nenhuma.
Mas eu acho realmente que a vontade de berrar pra alguém do nada, foi herança da mamãe, porque tipo... Que pessoa normal liga pra filha à noite, chorando, chinga a filha de tudo quanto é coisa e depois desliga o telefone?
Vovozinha fala que eu sou complexada graças a minha mãe, mas eu não sou, tudo bem que mamãe é uma louca, nunca pensou em mim, me batia sem motivos nenhum, é bipolar e o caralho a quatro, mas eu realmente não sou complexada, ela só fudeu minha vida durante 15 anos, mas relaxa, isso acontece mamãe, você não teve culpa ta? Como vovozinha sempre fala “antes de você vir ao mundo... você escolheu ter essa mãe e cada um tem a mãe que merece”, eu nunca estive de acordo, mas..... Beleza né?
Na verdade eu só to escrevendo porque queria escrever alguma coisa, mas não sabia o que, por isso esse texto estar todo louco, eu não sou louca, minha mãe é, eu não (eu acho)...

ps: i need you @ quarta-feira, janeiro 13, 2010 ~ 14:56. 1 Comentários
Não é so orgulho...

Até hoje não sei dizer se meu orgulho é uma qualidade ou não. Graças a ele evitei me magoar milhares de vezes, mas me magoei mais ainda graças a ele...
Brinco às vezes falando que não é orgulho é apenas meu ego que não curte ser baixo, tudo bem que eu sou egocêntrica, mas sou mais orgulhosa...
“Qual a dificuldade de pedir desculpas? Assim você só se magoa e magoa os outros. ’’ Perdi a conta de quantas vezes minhas amigas já me falaram isso, eu juro que tento pedir desculpas, tento deixar meu orgulho de lado, tento não guardar magoas e não ter medo, mas eu não consigo... e quando consigo nem sempre da certo.
Junto com o meu orgulho, vêm os ciúmes. Tem vezes não sei fico zangada por causa dos ciúmes, do orgulho ou do medo, de qualquer forma ambos os jeitos são maneiras de se zangar de forma estúpida e sem motivos sérios.
Acabo me estressando sem motivo e sem razão, e assim acabo deixando mal quem não deveria deixar... E pior ainda é ter consciência disso tudo e continuar zangada, sou foda!
Antigamente eu me orgulhava com ser assim, adorava ficar puta sem motivo e fazer a pessoa pedir desculpa, mesmo sem ela ter feito nada, mas o que aconteceu comigo? Porque raios quando é com você eu não fico assim feliz? E porque insisto em querer continuar puta sabendo que isso te deixa mal?
Agora pra falar a verdade eu não to puta, to com raiva apenas e de mim mesma. Graças ao meu medo de te perder e o ciúme parece que meu jeito de antes volta a tomar conta de mim, e acabo tendo que me controlar pra não estourar e deixar demonstrar que to zangada, coisa que você acaba percebendo que eu estou, me desculpa amor.
Tem vezes que odeio ser ariana, ter essa possessão toda e o ciúmes, ainda de quebra tem o lado escorpiano vingativo e frio. Hoje acho que meu lado escorpiano fala mais alto, o ariano não tem aparecido pra brigar, não saiu chingando ninguém, apenas ficou calculista e frio, calado e pensando em como se vingar... Ok, até parece que tenho motivos pra me vingar, mas o medo de te perder acaba com meu humor e me deixa mais orgulhosa do que já sou. O cômico que apenas veio esse medo todo agora, não que antes não tivesse medo, e com ele o ciúmes ficou mais alto... Tenho que tomar jeito logo senão vou ficar louca...

ps: i need you @ domingo, janeiro 10, 2010 ~ 18:33. 1 Comentários
Altas emoções..

Se tem uma palavra que define melhor 2009 é a “emoção”. Acho que esse foi o ano mais marcado por fortes emoções que eu já vivi.
Assim que começou eu acreditava que as emoções apenas viriam em relação ao vestibular, mas no final me dei conta que ele não me deu quase nenhuma emoção. Uma das previsões do horóscopo para 2009 foi que eu não iria me focar nos estudos, no começo não acreditei, no fim das contas tava certa a previsão, nunca fui tão mal na escola... Até pra final eu fui, e em inglês, sendo que nunca fui pra final, ir pra final no ultimo ano de escola e logo nesse maldito inglês e pela minha nota de conduta foi cômico. Minha professora de química até o terceiro mês de aula nem sequer sabia que existia, sendo que normalmente meu nome sempre foi um dos primeiros a serem gravados pelos professores, acho que ela não sabia por que eu não ia à aula dela...
2008 foi marcado por uma crise de identidade tensa, 2009 veio pra mostrar quem eu realmente era e por que tipo de pessoas eu me apaixono. Foi o ano das paixões, ate namoro eu tive coisa que todos sabem que eu não suporto. Comecei o ano apaixonada por uma pessoa e terminei apaixonada por outra, confundi as paixões, levei tempo pra assumir quem eu realmente amava, e quando descobri magoei a outra pessoa, fui escrota pra variar, mas... Eu não me arrependo e se bobear faria tudo de volta.
As amizades foram o setor da minha vida que mais deu voltas, perdi amigas importantes, ganhei outras mais ainda, magoei amigas que não pretendia magoar, cabei ficando amiga de pessoas que jamais iria imaginar que ficaria, pessoas que eu zoava e agora me fazem fazer coisas que eu as zoava por fazer.
2009 em relação às emoções pode ser resumido ao ultimo dia do ano, 31 de dezembro, levei esporo, briguei com amigas, reatei amizades, chorei, fiz cara de boba apaixonada, dei gargalhadas, levei esporo da família, fui apressada a sair de casa pra comemorar o ano novo. Um dia de altas emoções.
Mas o mais legal foi caminhar descalça 6 km, ter que pagar 40 reais num taxi, sendo que pra mesma corrida eu pago 10, ficar com dor de joelho, dor de cabeça e fome, uma bela forma de começar 2010, o bom que eu tava ao lado de pessoas que eu amo...

ps: i need you @ sexta-feira, janeiro 01, 2010 ~ 15:55. 0 Comentários

la niña

Manuela terminou a escola, não faz a mínima idéia do que quer pra vida, nem sequer sabe em que país estará morando em 2010, só sabe que quer curtir a vida ao lado do seu cigarro e na cidade maravilhosa. Uns falam que ela é linda, gata, gostosa... Outros que ela é metida, egocêntrica e que fala demais... Na verdade ela é tudo isso e muito mais.

You know you love me

dito

Cara, você vive. Coroa, você morre. 50/50 de chance. Vida ou morte. Meu destino foi vida. Vida como uma caçadora de recompensas.

saídas
Banana Roja
Bitch Red Nails
Hospício das Loiras
The Queer World
Taty at all
Turn off your Eyes
passado

Dezembro 2009

Janeiro 2010

Fevereiro 2010

Março 2010

Abril 2010

Maio 2010