<body>




“Na maior parte das vezes, aquilo que você mais quer é aquela coisa que você não pode ter. O desejo nos parte o coração, nos esgota. O desejo pode ferrar com tua vida.

E por mais duro que seja querer muito uma coisa, as pessoas que sofrem mais são aquelas que sequer sabem o que querem”.

ps: i need you @ quarta-feira, março 24, 2010 ~ 22:49. 0 Comentários


“All you need is love, love is all you need”
Escutar essa musica do Beatles sempre me faz pensar, relembrar historias e momentos. O que passa pela minha cabeça ao escutar a musica depende do meu estado de espírito. Porque essa necessidade em amar loucamente alguém?
Porque querer muito estar apaixonada?
Amar alguém consiste em sofrer, é impossível você falar que não sofre quando ama, sempre tem alguma coisa, nada é um mar de rosas e muito menos o amor.
Quando crianças escutamos que o amor é lindo, vemos isso na TV, nos livros, os adultos nos falam isso, na verdade somos enganados e quem acha que é lindo amar é um iludido.
Que pessoa em sã consciência vai querer sofrer?
Quem quer abrir mão da sua vida e amor próprio por alguém?
Sempre quando amamos esperamos demais da pessoa amada, a idealizamos e quando percebemos que ela não é tudo isso, sofremos. Aí vem as lagrimas (internas ou externas), pensamos que amamos uma mascara, que a pessoa nos enganou, quando na verdade nos esperamos demais da pessoa e não aceitamos que ela não seja perfeita e acabamos falando “o amor acabou” e partimos em busca de outra pessoa perfeita.
Na verdade se não conseguimos aceitar que a pessoa que supostamente amamos é humana e não perfeita, é porque não a amamos de verdade, apenas amamos o desejo e não o desejado. A tristeza vem da decepção de termos perdido tempo amando o desejo pela pessoa errada.
No fim acabamos sempre falando que não vamos amar ninguém e nunca mais se envolver com alguém com a mesma convicção que falávamos pro antigo amado que ele era o amor da sua vida, ate o momento que surge outro possível amor e a historia volta a se repetir.
Ate que um belo dia que descobrimos que amamos realmente alguém a tal ponto que as decepções, magoas e imperfeições passam a ser pequenas em relação ao frio na barriga, a cara de apaixonada e o coração acelerado, passamos a questionar se é realmente é amor pelo desejo de amar ou pela pessoa, e quando obtemos a resposta nela vem escrito: é pela pessoa, mas você vai se fuder. O que você pensa? É fazendo merda que se aduba a vida.

ps: i need you @ segunda-feira, março 08, 2010 ~ 22:47. 1 Comentários
Orgulho... Amargo Orgulho

Por conta do orgulho hoje sofro a treva
Por não conseguir dizer as palavras certas
Por nao tentar expulsar do meu eu o que sinto
Metade de mim está leve,
A outra, pesa pelas duas metades
Mas o que há de tão ruim nas minhas verdades?
Eis que pergunto para minha metade sã
"Diga-me, santa sanidade,
Qual o grande problema de minhas verdades?"
"A verdade pode machucar, pode trair, ludibriar
E talvez você nao esteja preparada."
Nao contente com minha resposta
Vou até minha parte nada sóbria
Eis que pergunto, sem esperar por uma boa prosa
"Diga-me, desequilíbrio, sejas meu amigo
O que há de tão ruim nestas verdades
Que tanto quero dizer, mas orgulhosa que sou
Posso enganar-me?"
"Veja bem, criatura humana
O orgulho só engana, teu problema é o coração
Que te faz escrava da solidão
Mas continue assim, pois estás me fazendo feliz."
E eu que pensava que orgulho nao era bicho burro
Acabo de me felicitar, entrar em luto
Já que minha parte nada sóbria decidiu me abandonar
E deixar a sanidade me guiar..."

ps: i need you @ sexta-feira, março 05, 2010 ~ 02:12. 0 Comentários

la niña

Manuela terminou a escola, não faz a mínima idéia do que quer pra vida, nem sequer sabe em que país estará morando em 2010, só sabe que quer curtir a vida ao lado do seu cigarro e na cidade maravilhosa. Uns falam que ela é linda, gata, gostosa... Outros que ela é metida, egocêntrica e que fala demais... Na verdade ela é tudo isso e muito mais.

You know you love me

dito

Cara, você vive. Coroa, você morre. 50/50 de chance. Vida ou morte. Meu destino foi vida. Vida como uma caçadora de recompensas.

saídas
Banana Roja
Bitch Red Nails
Hospício das Loiras
The Queer World
Taty at all
Turn off your Eyes
passado

Dezembro 2009

Janeiro 2010

Fevereiro 2010

Março 2010

Abril 2010

Maio 2010